01/01/2020

Como criar uma marca de sucesso?


Uma das principais metas entre donos de negócios é criar uma marca que gere valor para o público, que seja relevante e que estabeleça relacionamentos duradouros.

Entretanto, para isso, cada ação desde a abertura da empresa até as estratégias de comunicação deve ser baseada em um propósito claro e um posicionamento bem definido.

Nesse conteúdo você verá como criar uma marca de sucesso, desde os elementos iniciais, como a criação do nome e registro da empresa, passando pelos elementos visuais da estratégia de branding, dicas para um bom posicionamento, até as 3 dimensões da construção de valor. Continue a leitura!.

Sua marca de sucesso precisa estar de acordo com a lei

O primeiro passo para criar uma marca de sucesso é fazer isso dentro da legalidade. Ao atuar no mercado sem o registro legal da sua empresa, você estará sujeito a multas, processos, a praticar ou sofrer plágio, além de ter a credibilidade do negócio seriamente afetada.

Registrar a marca deve ser a primeira coisa a ser feita ao planejar a abertura de uma empresa. Para as marcas que já estão em atividade há algum tempo, mas ainda não possuem o registro, o recomendado é que procurem realizá-lo assim que possível para evitar futuros problemas.

Com uma marca registrada, sua empresa conta com a exclusividade, demonstra maior compromisso com a lei perante o mercado, além de gerar maior valor de mercado.

Para fazer o registro, é necessário realizar uma pesquisa inicial no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, o INPI, órgão responsável pelo registro de marcas. Após escolher o nome que representará sua empresa, é preciso validar no sistema do INPI se este nome já não está sendo utilizado por outro negócio.

Com um nome disponível, as próximas etapas envolvem pagamento de taxa, pedido de registro e acompanhamento do processo.

Processo de Criação do nome da marca.

Em relação ao nome da marca, é necessário destacar a importância deste elemento para toda a estratégia de branding. Assim como o logo é o que representa visualmente seu negócio, é através do nome da sua empresa que as pessoas irão lembrar e comentar sobre seus produtos ou serviços.

Desta forma, é fundamental que a escolha do nome seja feita de forma estratégica, e não aleatória. Para isso, o processo de naming é ideal para criar algo que tenha fundamento e que faça sentido para o seu posicionamento.

A metodologia de naming segue algumas etapas, que de forma geral, podem ser divididas em:

• Levantamento de informações
• Pesquisa de concorrentes e mercado
• Processo criativo
• Avaliação das opções criadas
• Validação legal.

Para iniciar o processo deve-se levantar e entender todas as informações pertinentes ao seu negócio, como qual será o posicionamento da empresa, segmento de atuação e diferenciais da marca.

Com isso em mãos, começa a pesquisa referente aos concorrentes e como o mercado atua em relação às suas marcas.

Assim, com todas as informações relevantes anotadas, é possível iniciar o processo criativo. Após esta etapa, é fundamental analisar as opções criadas pensando em aspectos como fonética e posicionamento.

Resumindo pode parecer um processo simples. Contudo, a estratégia de naming demanda muito estudo, referências e entendimento do seu negócio. Por isso, a melhor opção é contar com o auxílio de profissionais especializados, que se aprofundem no propósito do seu negócio.

Com o nome definido e devidamente registrado no INPI, a próxima etapa para criar uma marca de valor é desenvolver os outros elementos da sua estratégia de branding!

Estratégia de branding: como fazer as pessoas enxergarem valor na sua marca?

Acreditamos que entre os objetivos de todo empreendedor está em fazer com que as pessoas lembrem de sua marca, correto?

Contudo, os consumidores estão diariamente expostos a diversas marcas, e conquistar um espaço em meio a todos estes estímulos é praticamente impossível sem estabelecer um posicionamento estratégico.

Uma das chaves para construir uma estratégia de branding de sucesso é desenhá-la a partir do momento da construção da imagem da marca. Os atributos e valores precisam ser percebidos pelo público como únicos e coerentes.

Também é preciso ter em mente que o branding é um trabalho contínuo e nunca acaba, pois trata-se de tudo que envolve sua empresa e que a difere das demais.

Em relação aos elementos visuais, é necessário criar o logo e a identidade visual da empresa, definindo os aspectos que passarão ao mercado os valores e percepções do seu negócio. Não apenas o naming deve ser trabalhado por profissionais em criação de marcas, mas sim a estratégia de branding por completo. Desta forma, contando com profissionais experientes e capacitados, você garante que o DNA da empresa seja transmitido corretamente ao mercado.

Outro ponto extremamente importante para gerar valor por meio da marca é ter um propósito claro. Para isso, é preciso saber responder a três perguntas referentes a sua empresa:

• O que você faz?
• Como você faz?
• Por que você faz?

A partir do momento que você entende completamente a solução que entrega ao mercado, quais caminhos devem ser seguidos para alcançar os objetivos de negócio e o propósito de existência da sua empresa, fica mais fácil transmitir valor aos consumidores.

Além desses fatores, podemos citar 4 características de marcas de sucesso, estabelecidas por Ana Couto, referência nacional em branding: a marca precisa ser diferente, relevante, proprietária e consistente.

Diferencie sua marca

Marcas que se destacam no mercado possuem estilo e discursos próprios. É preciso ser original, único e atraente. Basicamente, sua marca precisa ter uma personalidade e atitude para influenciar comportamentos.

Seja relevante para seu público

Quando falamos em público não queremos dizer apenas seus consumidores diretos. Marcas de sucesso impactam todos os seus stakeholders. Isso significa criar identificação e valor para, além dos clientes, influenciadores, vendedores, fornecedores e todas as outras pessoas que de alguma forma interagem com sua marca.

Tenha propriedade

Quantas marcas você consegue reconhecer apenas por uma embalagem, cor, forma, tipografia ou slogan? Em conjunto com os outros aspectos de um posicionamento bem desenvolvido, criar elementos memoráveis faz com que a sua marca seja reconhecida não apenas pelo logo.

Comunique-se de forma consistente

A consistência é outra base para o sucesso e reconhecimento da marca. Apesar de ser necessário adaptar a comunicação da empresa para a realidade de cada público e tipo de mídia, é preciso manter uma certa uniformidade na linguagem, para que o discurso da sua empresa seja reconhecido em qualquer ponto de contato.

As 3 dimensões na construção de valor

Neste ponto, você já deve ter notado como o branding tem um papel fundamental para o sucesso de qualquer marca e como o alinhamento entre propósito e posicionamento faz toda a diferença.

Nesse sentido, queremos trazer para você uma metodologia, desenvolvida pela Ana Couto, que explica um pouco mais como as marcas chegam no patamar de gerar valor e relevância para o mercado.

Esta metodologia gira em torno de 3 dimensões: marca, negócio e comunicação. Cada dimensão tem sua função específica.

A marca tem o objetivo de criar valor a longo prazo e estabelecer a cultura corporativa. O negócio define os produtos e serviços para entregar a proposta de valor. Já a última dimensão, a comunicação, serve para transmitir os diferenciais da marca de forma clara e consistente.

Para colocar esta metodologia em ação, é preciso utilizar as 3 ondas do branding. Cada onda possui um objetivo relacionado a cada uma das 3 dimensões.

Entendendo mais sobre as 3 dimensões

Conforme Ana Couto, a Onda #1 diz respeito ao grande drive das empresas, o de estimular as pessoas a comprarem seus produtos e serviços, com o apelo de melhor custo-benefício, uma entrega funcional que atende determinada necessidade específica de consumo.

Na Onda #2, o foco é no relacionamento. São marcas que criam conexões emocionais, abrem diálogos e são centradas no consumidor.

Finalmente, a Onda #3 é aquela guiada pelo propósito de marca. As marcas possuem clareza sobre o seu papel e buscam fazer uma diferença no mercado, construindo ecossistemas de valor e envolvendo diversos atores para compartilhar impactos positivos.


Resumindo esses conceitos:

• Na onda 1 o produto está no centro da oferta, o benefício é funcional e a relação entre marca e consumidor é transacional
• Na onda 2 o consumidor está no centro, o benefício é emocional e a relação marca-consumidor baseia-se na fidelidade
• Na onda 3 o propósito está no centro, o benefício é compartilhado e a relação marca-consumidor é colaborativa.

As marcas que mais geram valor e possuem relacionamento duradouro com o público estão na onda 3. Para criar uma marca de sucesso, é preciso pensar em estratégias para alcançar este patamar.

E então?

Já é fato que as empresas com maiores índices de crescimento investem em suas marcas. Isso porque, boa parte dos consumidores são visuais e associam qualidade à estética.

Além disso, alinhar o propósito da empresa com todas as estratégias contribui muito para aumentar o reconhecimento da marca.

Neste post você viu que a primeira etapa para criar uma marca de sucesso é garantir que ela esteja dentro da lei, por meio do registro no INPI. Após o processo de registro, explicamos os principais elementos que devem fazer parte da sua estratégia de branding para que você possa transmitir valor aos seus consumidores.

Você também viu quais são as 4 características das marcas de sucesso e as 3 dimensões para a construção de valor na estratégia da sua empresa.

Com isso, esperamos que esteja mais claro para você quais são os pilares para criar uma marca reconhecida, relevante e que se destaque entre os concorrentes do mercado.

Se você deseja criar um posicionamento consolidado para a sua marca por meio do branding, entre em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo a colocar em prática o que mostramos neste conteúdo!

Fale com a gente agora.
Estamos ansiosos para conhecer as suas ideias.

Whatsapp Contato